Corpobolados – uma fonte inesgotável de possibilidades

Eu já escrevi algumas vezes sobre esse projeto chamado Corpobolados. Essa ideía que se desdobra em diversos formatos e formas, começamos com um experimento em vídeo para uma disciplina na Faculdade de Licenciatura em Dança da UFRGS, na época o nome surgiu descompromissado. Porém sua forma já demostrava potência, e logo em seguida fizemos um esboço de cena inspirado no vídeo. E a partir dai surgiu uma ideia de aumentarmos o projeto convidando apoiadores e outros artistas para compor outro vídeodança também chamado Corpobolados, e desse encontro novamente sentimos vontade expandir para cena.

_DSC0069

O começo em Janeiro de 2013, eu e o Gabriel Martins experimentando possibilidades de levar para cena.

Corpobolados_V1 (0-03-22-01)                                  Uma imagem do vídeodança Corpobolados de 2014. Foto Natália Koren.

IMG_7386

Experimento cênico trio Corpobolados em 2013, no evento Desdobramentos do Necitra. Foto Yamini Benites.

Fizemos esse vai e vem (vídeo-cena) durante o processo criativo, e depois de dois anos conseguimos estruturar a proposta de um espetáculo que estreía nessa sexta-feira (10/07/15). E o engraçado é que ele continua se chamado Corpobolados, que vem desse encontro entre tango e malabarismo. Todavia não é tango e não é malabarismo, e sim Corpobolados. Não sabia, quando estava pensando qual seria o nome de mais um trabalho na faculdade, que o mesmo seria tão importante. E que essa brincadeira de juntar palavras acabaria virando um dos projetos artísticos mais importantes na minha trajetória. Estou muito feliz de estreíar essa proposta ao lado de pessoas tão especiais que me acompanharam e deram cor e vida para esse projeto. Um forte obrigada para o Giovanni Vergo, por sempre se engajar nas propostas loucas da parceira de tango. Um abraço apertado para o malabarista Gabriel Martins que desde o começou esteve ao meu lado nesse projeto se mostrando cada vez mais companheiro. Aos nossos apoiadores que estão viabilizando que esse momento aconteça, um obrigada gigante para a Jr. Malabaris, Gafiera Club, Necitra e a Silvia Canarin (Paula Finn nossa comunicação direta coma  sala 502, que por sinal nos acolheu muito bem). As meninas lindas que se engajaram na idéia dedicando seu tempo e trabalho para viabilizar esse espetáculo, Iassaña Martins, Fernanda Boff, Thayse Martins, Martha Reichel e a Ana Carolina Klacewicz. Um enorme obrigada para o parceiro Alessandro Rivelino que gentilmente foi conferir nosso ensaio e nos ajudar nos ajustes finais para essa temporada.

ensaio_0150

Nós em 2015. Foto de Martha Reichel

Enfim estou enormente feliz nessa quarta-feira, e queredo muito que vocês estejam conosco esse final de semana para podermos compartilhar mais uma face desse conceito Corpobolados com vocês.

Então se agenda:

O que: Espetáculo Corpoboaldos

Quando: 10, 11 e 12 de julho às 20h

Onde: Sala 502 na Usina do Gasômetro, Av. Pres. João Goulart, 551 – Centro.

Ingressos: 30,00 (inteira)/ 20,00 (antecipado)/ 15,00 (meia), podem ser adquiridos na bilheteria no local ou pelo telefone (51) 81395519 ou (51) 82900747.

Ficha Técnica:

Direção: Paola Vasconcelos

Intérpretes-criadores: Gabriel Martins, Giovanni Vergo e Paola Vasconcelos.

Iluminação e operação de luz: Fernanda Bertoncello Boff

Operação de som: Ana Carolina Klacewizc e Iassaña Martins

Figurino: Ana Carolina Klacewizc

Arte Gráfica: Thayse Martins

Produção: Paola Vasconcelos e Gabriel Martins

Fotos: Martha Reichel

Apoios: Jr. Malabaris, Necitra, Gafiera Club, Silvia Canarim, Usina do Gasômetro e Prefeitura de Porto Alegre.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s